Descumprir LGPD pode levar a sanção e impactar reputação
>
Descumprir LGPD pode levar a sanção e impactar reputação

Cuidar da privacidade também é estar em conformidade com as práticas “ESG”

O impacto da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD ou Lei nº 13.709, de 2018), em vigor desde setembro, vai além das sanções legais e pode atingir a reputação das empresas.

As penas previstas começaram a valer no início do mês. Pode ser aplicada desde uma advertência à multa de até 2% do faturamento – limitada a R$ 50 milhões. Como a regulamentação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) sobre o cálculo ainda está sendo finalizada, não serão aplicadas penalidades neste primeiro momento. Porém, segundo os especialistas alertaram, isso não quer dizer que os órgãos fiscalizadores não estejam de olho.

“Essa é uma lei que já pegou antes de entrar em vigor, porque impacta todas as áreas e envolve o comportamento”, destacou Opice Blum, ao lembrar que multas podem ser aplicadas por meio de outros órgãos – como Procon, Ministério Público e agências regulatórias.

“É uma lei [LGPD] que está presente em mais de 90 países e há uma pressão global para que as empresas brasileiras adotem e sigam padrões similares. Proteger a intimidade e a vida privada do cidadão no mundo é um fator muito importante”, disse Sêmola.

Para o especialista em gestão de risco, as empresas que não conseguirem mostrar conformidade com a lei irão expor sua reputação e poderão ser vistas como descuidadas. “É um efeito dominó, com risco onipresente”, afirmou. Segundo ele, cuidar da privacidade também é estar em conformidade com as práticas “ESG” – ambientais, sociais e de governança.

Opice Blum lembrou que empresas que forem alvo de ataques, com dados pessoais indo a público, mas comprovarem que adotaram medidas para mitigar os riscos, podem ter a multa reduzida. Há, acrescentou, decisões judiciais favoráveis a empresas que adotaram medidas para tentar evitar a exposição.

Embora exista no mercado esse medo da multa, muitas empresas ainda estão despreparadas. Mas, para ambos, o cenário é positivo. Na União Europeia, quando a lei de proteção de dados entrou em vigor, no máximo 30% das empresas estavam em conformidade. No Brasil, de acordo com Opice Blum, pesquisas mostram que esse percentual está entre 35% e 50%.

Sêmola, na live, sugeriu seis passos básicos para a empresa que agora corre para adotar a LGPD: entender a lei; apontar um encarregado pelos dados pessoais; estabelecer uma política de privacidade e torná-la pública e acessível ao cliente; observar os contratos, transmitir preocupação com a lei por meio deles e imputar responsabilidade aos interlocutores; documentar o fluxo corporativo que trata dados pessoais; e, após conhecer as próprias falhas, começar o plano de mitigação de risco.

Por Gilmara Santos 

Fonte: Valor Econômico

https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2021/08/11/descumprir-lgpd-pode-levar-a-sancao-e-impactar-reputacao.ghtml

 

Nossas Unidades

São Paulo / SP
Av. Roque Petroni Junior, 850 – 19º And. Torre Bacaetava – Brooklin
São Paulo / SP – CEP: 04707-000

Telefone: (11) 3876-1360
Email: contato@lopescastelo.adv.br

Recife / PE
Av. Antônio de Góes, 60 – 14º and.
JCPM Trade Center – Pina – Recife / PE
CEP: 51010-000

Telefone: (81) 3040-0053
Email: filialrecife@lopescastelo.adv.br

Rio de Janeiro / RJ
Rua República do Chile,  330 – 14º And.
Torre Oeste – Centro – Rio de Janeiro/RJ
CEP: 20031-170

Telefone: (21) 2391-4764
Email: filialrio@lopescastelo.adv.br

Vitória/ES
Rua Jose Alexandre Buaiz, 300 – 20º And.
Enseada do Suá – Vitória/ ES
CEP: 29050-545

Telefone: (27) 4040-4948
Email: filialvitoria@lopescastelo.adv.br

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar!

Shopping Cart